jusbrasil.com.br
5 de Dezembro de 2021
2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal Superior do Trabalho TST : Ag-ARR 2339-17.2011.5.03.0137

Tribunal Superior do Trabalho
há 4 anos
Detalhes da Jurisprudência
Órgão Julgador
1ª Turma
Publicação
DEJT 15/12/2017
Julgamento
13 de Dezembro de 2017
Relator
Hugo Carlos Scheuermann
Documentos anexos
Inteiro TeorTST__23391720115030137_b21d2.rtf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

AGRAVO DA CEMIG . AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA.

1. O agravo de instrumento da reclamada deixou de ser admitido por ausência de dialeticidade, na forma da Súmula nº 422, I, do TST.
2. No presente agravo, a reclamada não ataca a incidência da Súmula nº 422, I, do TST pelo r. decisum ora agravado, limitando-se a argumentar acerca do adicional de periculosidade .
3. Nesse contexto, não merece ser conhecido o apelo, ante a inobservância, outra vez, do princípio da dialeticidade, consubstanciado no art. 1.010, III, do CPC de 2015 e na Súmula n. 422, I, deste Tribunal. Agravo não conhecido.
Disponível em: https://tst.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/864159186/ag-arr-23391720115030137

Informações relacionadas

Tribunal Superior do Trabalho TST : Ag-ARR 2339-17.2011.5.03.0137

Tribunal Superior do Trabalho
Jurisprudênciahá 3 anos

Tribunal Superior do Trabalho TST - AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA : AIRR 10493-87.2013.5.03.0061

Tribunal Superior do Trabalho
Jurisprudênciahá 3 anos

Tribunal Superior do Trabalho TST - AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA : AIRR 10755-96.2016.5.03.0169