jusbrasil.com.br
3 de Junho de 2020
2º Grau

Tribunal Superior do Trabalho TST - RECURSO DE REVISTA : RR 161-19.2013.5.04.0551

Tribunal Superior do Trabalho
há 5 anos
Detalhes da Jurisprudência
Órgão Julgador
8ª Turma
Publicação
DEJT 10/04/2015
Julgamento
8 de Abril de 2015
Relator
Dora Maria da Costa
Documentos anexos
Inteiro TeorTST_RR_1611920135040551_ab4b2.pdf
Inteiro TeorTST_RR_1611920135040551_37ffb.rtf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

RECURSO DE REVISTA. NULIDADE DO CONTRATO DE TRABALHO. EFEITOS.

A Corte de origem exarou o entendimento de que, apesar da nulidade do contrato de trabalho havido entre as partes, a Administração Pública não pode ser beneficiada sem a devida contraprestação, mantendo a sentença que deferiu à reclamante "todas as vantagens pecuniárias, inclusive as rescisórias, a que faria jus se o contrato de trabalho não estivesse eivado de nulidade." Assim, a decisão regional como proferida contrariou a Súmula 363 do TST. Recurso de revista conhecido e provido.
Disponível em: https://tst.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/180404103/recurso-de-revista-rr-1611920135040551