jusbrasil.com.br
15 de Agosto de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal Superior do Trabalho TST - RECURSO DE REVISTA: RR XXXXX-18.2013.5.04.0015 - Inteiro Teor

Tribunal Superior do Trabalho
há 7 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

Publicação

Relator

José Roberto Freire Pimenta

Documentos anexos

Inteiro TeorTST_RR_291820135040015_9a1d8.pdf
Inteiro TeorTST_RR_291820135040015_4ff4f.rtf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Inteiro Teor

XXXXX00180000004d73786d6c322e534158584d4c5265616465722e362eXXXXX00000060000d0cf11e0a1b11aeXXXXX00000000003e000300feffXXXXX00000100000feffffff00000000feffffffXXXXX00000000000fffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffdfffffffeffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffff52006f006fXXXXX00200045006eXXXXX00016000500ffffffffffffffffffffffff0c6ad98892f1d411a65f0040963251eXXXXX00000000000f0f30a046653cf01feffffffXXXXX00000000000ffffffffffffffffffffffffXXXXX00000000000ffffffffffffffffffffffffXXXXX00000000000ffffffffffffffffffffffffXXXXX00000000000Recorrente:INFRAERO - EMPRESA BRASILEIRA DE INFRA-ESTRUTURA AEROPORTUÁRIA

Advogada :Dra. Verônica Marzullo Aguiar

Advogado :Dr. Raul Campos Garcia Feijó

Recorrido :ALEXSANDRO TELES BATISTA

Advogado :Dr. Jairo Ferreira Machado

Recorrido :AEROSUPORTE LTDA.

D E S P A C H O

HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS. REQUISITOS. CREDENCIAL SINDICAL

1. Trata-se de recurso de revista interposto pela reclamada na vigência da Lei nº 13.015/2014.

2. Da análise do recurso de revista depreende-se estarem presentes os pressupostos recursais extrínsecos de admissibilidade, concernentes à tempestividade (págs. 373 e 375), à representação processual (pág. 121) e ao preparo (págs. 395 e 397).

3. Assim, passo ao exame do recurso de revista à luz do atual § 4º do artigo 896 da CLT, a fim de identificar dentre os temas recorridos a existência de decisões atuais e conflitantes no âmbito do mesmo Tribunal Regional do Trabalho que possam ensejar o retorno dos autos à Corte de origem para necessária uniformização da sua jurisprudência.

4. Na hipótese, a demandada pretende, em seu recurso de revista, a reforma da decisão recorrida quanto à responsabilidade subsidiária e à condenação ao pagamento de honorários advocatícios e de indenização por danos morais.

5. Tendo em vista que a matéria controvertida já foi objeto de Incidente de Uniformização da Jurisprudência Regional suscitada pelos Excelentíssimos Ministros Luiz Philippe Vieira de Melo Filho e Cláudio Mascarenhas Brandão nos autos dos Processos RR-56-952013.5.01.0404 e RR-70-24.201.5.04.0411, respectivamente, verifica-se, exclusivamente no que se refere ao tema dos honorários advocatícios, a existência, naquele mesmo Tribunal, de decisões atuais e divergentes.

6. Enquanto no acórdão regional é adotada a tese jurídica de que, para a concessão dos honorários advocatícios, não é necessário que o reclamante seja representado pelo sindicato da categoria, a 4ª Turma daquele Tribunal concluiu de forma diversa, conforme se infere do acórdão exarado nos autos do Processo TRT-XXXXX-79.2013.5.04.0027, publicado no Diário de Justiça de 11/12/2014, nos seguintes termos:

-HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS. REQUISITOS. Nesta Justiça Especializada, para o deferimento dos honorários advocatícios é necessário que estejam preenchidos os requisitos do art. 14 da Lei 5.584/70 e da Súmula nº 219 do TST. Inexistindo nos autos a credencial sindical, não são devidos os honorários advocatícios assistenciais.- (Processo XXXXX-79.2013.5.04.0027, ac. nº 219627/2014, Red. Des. MARCELO GONÇALVES DE OLIVEIRA, 4ª Turma, DJ de 11/12/2014)

7. Ressalte-se que incumbe aos Tribunais Regionais, na forma da regra prevista no § 3º do artigo 896 da CLT, a uniformização de sua jurisprudência, como se constata:

§ 3º Os Tribunais Regionais do Trabalho procederão, obrigatoriamente, à uniformização de sua jurisprudência e aplicarão, nas causas da competência da Justiça do Trabalho, no que couber, o incidente de uniformização de jurisprudência previsto nos termos do Capítulo I do Título IX do Livro I da Lei nº 5.869, de 11 de janeiro de 1973 (Código de Processo Civil).

8. Dessa forma, entendo preenchidos os requisitos fundamentais para que sejam os presentes autos devolvidos ao Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região para, atendendo as determinações contidas no § 4º do artigo 896 da CLT, com a redação conferida pela Lei nº 13.015/2014, proceder à uniformização jurisprudencial do tema referido e, se for o caso, de outro capítulo da decisão que porventura suscite divergência interna.

9. Nos termos do Regimento Interno do Tribunal Regional de origem, encaminhem-se os autos à autoridade competente para admissibilidade, para as providências necessárias ao cumprimento desta decisão.

10. Determino, ainda, o encaminhamento da cópia do presente despacho ao Excelentíssimo Senhor Ministro Presidente deste Tribunal, a fim de dar conhecimento aos demais Ministros da providência adotada, para que possam, se assim entenderem, determinar a suspensão de processos sobre idêntico tema.

11. Sugiro ao Excelentíssimo Senhor Ministro Presidente deste Tribunal que determine ao Excelentíssimo Senhor Presidente do TRT que suspenda a remessa de quaisquer processos que versem sobre o mesmo tema, até que seja resolvido o incidente mencionado.

Publique-se.

Brasília, 13 de fevereiro de 2015.

Firmado por assinatura digital (MP 2.200-2/2001)

JOSÉ ROBERTO FREIRE PIMENTA

Ministro Relator


fls.


Disponível em: https://tst.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/168874267/recurso-de-revista-rr-291820135040015/inteiro-teor-168874315