jusbrasil.com.br
15 de Agosto de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal Superior do Trabalho TST - RECURSO DE REVISTA: RR XXXXX-95.2016.5.02.0022

Tribunal Superior do Trabalho
há 10 meses

Detalhes da Jurisprudência

Processo

Órgão Julgador

6ª Turma

Publicação

Julgamento

Relator

Augusto Cesar Leite De Carvalho

Documentos anexos

Inteiro TeorTST_RR_10018879520165020022_1fe05.pdf
Inteiro TeorTST_RR_10018879520165020022_df195.rtf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA DO RECLAMANTE SOB A ÉGIDE DA LEI 13.467/2017. RESPONSABILIDADE SUBSIDIÁRIA. ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. TRABALHO EXECUTADO PARA VÁRIOS TOMADORES DE SERVIÇO, SIMULTANEAMENTE, NA MESMA JORNADA (NO CASO CEF E ECT). SÚMULA 331, IV E V, DO TST. TRANSCENDÊNCIA POLÍTICA.

O recurso de revista contém o debate acerca da aplicabilidade da Súmula 331, IV e V, do TST, na hipótese de prestação de serviços, de forma simultânea, a vários tomadores de serviços (no caso CEF e ECT), no que concerne ao reconhecimento da responsabilidade subsidiária, que detém transcendência política, nos termos do art. 896-A, § 1º, II, da CLT. AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA DO RECLAMANTE SOB A ÉGIDE DA LEI 13.467/2017. RESPONSABILIDADE SUBSIDIÁRIA. ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. TRABALHO EXECUTADO PARA VÁRIOS TOMADORES DE SERVIÇO, SIMULTANEAMENTE, NA MESMA JORNADA (NO CASO CEF E ECT). SÚMULA 331, IV E V, DO TST. Agravo de instrumento provido, ante possível má aplicação da Súmula 331, IV e V, do TST. RECURSO DE REVISTA DO RECLAMANTE SOB A ÉGIDE DA LEI 13.467/2017. RESPONSABILIDADE SUBSIDIÁRIA. ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. TRABALHO EXECUTADO PARA VÁRIOS TOMADORES DE SERVIÇO, SIMULTANEAMENTE, NA MESMA JORNADA (NO CASO CEF E ECT). SÚMULA 331, IV E V, DO TST. Controvérsia sobre a aplicabilidade da Súmula 331, IV e V, do TST, na hipótese de prestação de serviços, de forma simultânea, a vários tomadores de serviços (no caso CEF e ECT), no que concerne ao reconhecimento da responsabilidade subsidiária. Esta Corte vem, reiteradamente, reconhecendo a responsabilidade subsidiária dos múltiplos tomadores de serviços pelos créditos trabalhistas, ainda que o empregado preste serviços a todos eles, de forma simultânea, em conformidade com a Súmula 331, IV e V, do TST. Nesse caso, para fins de responsabilidade das tomadoras de serviços - entes integrantes da Administração Pública, deve ser verificada a culpa in vigilando das tomadoras de serviço quanto à fiscalização do cumprimento das obrigações contratuais e legais da prestadora de serviço como empregadora, bem como a condenação subsidiária das tomadoras de serviço deve se limitar ao período de vigência do contrato de prestação de serviço celebrado pelas empresas. Há precedentes. Recurso de revista conhecido e parcialmente provido.
Disponível em: https://tst.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/1303074817/recurso-de-revista-rr-10018879520165020022

Informações relacionadas

Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região
Jurisprudênciahá 2 anos

Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região TRT-18: RORSUM XXXXX-42.2020.5.18.0281 GO XXXXX-42.2020.5.18.0281

Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região
Jurisprudênciahá 7 anos

Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região TRT-2 - RECURSO ORDINÁRIO: RO XXXXX-31.2013.5.02.0021 SP XXXXX20135020021 A28

Tribunal Superior do Trabalho
Jurisprudênciahá 7 anos

Tribunal Superior do Trabalho TST - RECURSO DE REVISTA: RR XXXXX-46.2006.5.15.0153

Tribunal Superior do Trabalho
Jurisprudênciahá 4 anos

Tribunal Superior do Trabalho TST - AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA: AIRR XXXXX-54.2014.5.02.0058

Tribunal Superior do Trabalho
Jurisprudênciahá 2 anos

Tribunal Superior do Trabalho TST - RECURSO DE REVISTA: RR XXXXX-86.2014.5.02.0077