jusbrasil.com.br
20 de Maio de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal Superior do Trabalho TST - AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA: AIRR 2384-97.2010.5.02.0035

Tribunal Superior do Trabalho
há 8 anos
Detalhes da Jurisprudência
Órgão Julgador
1ª Turma
Publicação
DEJT 01/07/2014
Julgamento
18 de Junho de 2014
Relator
Lelio Bentes Corrêa
Documentos anexos
Inteiro TeorTST_AIRR_23849720105020035_7aab2.pdf
Inteiro TeorTST_AIRR_23849720105020035_7a4b9.rtf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

HORAS EXTRAORDINÁRIAS. LABOR EM FERIADOS E DOBRAS. MATÉRIA FÁTICA. ÔNUS DA PROVA.

1. É insuscetível de revisão, em sede extraordinária, a decisão proferida pelo Tribunal Regional à luz da prova carreada aos autos. Somente com o revolvimento do substrato fático-probatório dos autos seria possível afastar a premissa sobre a qual se erigiu a conclusão consagrada pelo Tribunal Regional, no sentido de que não ficou comprovado o labor em feriados e dobras, devendo ser mantida a condenação da reclamada ao pagamento de horas extraordinárias nos limites impostos na sentença. Incidência da Súmula n.º 126 do Tribunal Superior do Trabalho.
2. O debate sobre a valoração da prova efetivamente produzida - ônus objetivo de prova - tende à reavaliação do conjunto probatório dos autos, o que, induvidosamente, não rende ensejo ao recurso de revista, em face de sua natureza extraordinária.
3. Agravo de instrumento conhecido e não provido HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS. INDENIZAÇÃO. JUSTIÇA DO TRABALHO. LEI N.º 5.584/70. ARTIGO 404 DO CÓDIGO CIVIL. APLICAÇÃO SUBSIDIÁRIA NÃO AUTORIZADA. 1. Por não decorrerem da aplicação do princípio da mera sucumbência, os honorários advocatícios, na Justiça do Trabalho, somente são devidos quando demonstrado o preenchimento concomitante dos requisitos exigidos no artigo 14 da Lei n.º 5.584/70: o direito ao benefício da justiça gratuita e a assistência do sindicato. Nesse sentido dispõe a Orientação Jurisprudencial n.º 305 da SBDI-I deste Tribunal Superior. 2. Havendo regência legal específica a regular a matéria, não há como se admitir a aplicação subsidiária do Código Civil, com o fim de tornar sustentável o direito à indenização a reparar perdas e danos oriundos da contratação de advogado particular. 3. Agravo de instrumento conhecido e não provido.
Disponível em: https://tst.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/125563772/agravo-de-instrumento-em-recurso-de-revista-airr-23849720105020035

Informações relacionadas

Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região TRT-18 - AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO ORDINARIO: AIRO 0010625-45.2020.5.18.0009 GO 0010625-45.2020.5.18.0009

Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região
Jurisprudênciahá 3 anos

Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região TRT-1 - RECURSO ORDINÁRIO: RO 00114433920155010431 RJ

Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região
Jurisprudênciahá 7 meses

Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região TRT-18 - AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO ORDINARIO: AIRO 0010625-45.2020.5.18.0009 GO 0010625-45.2020.5.18.0009